Saiba tudo sobre seguro viagem intercâmbio e contrate o seu!

Seguro viagem intercâmbio

Estudar e/ou trabalhar em outro país pode ser um pouco assustador no começo, mas, certamente, é uma experiência enriquecedora e que vale muito a pena. O seguro viagem intercâmbio é um item muito importante e deve ser muito bem pesquisado. Afinal, ele vai te dar mais segurança e conforto antes, durante e, até mesmo, depois da sua viagem. 

Em alguns países, o seguro viagem intercâmbio é obrigatório, em outros são necessários apenas alguns  documentos específicos. Reunimos todas as informações que você precisa saber caso esteja pensando em fazer um intercâmbio ou se estiver com dúvidas sobre o que é preciso providenciar antes da sua mudança temporária!

O que é seguro viagem para intercâmbio?

O seguro viagem intercâmbio é quase igual ao seguro viagem internacional. Ele vai garantir que o intercambista — ou o turista que deseja passar as férias em outro país — tenha todo o suporte e os serviços disponíveis. Entretanto, vale destacar que o seguro do intercambista tem um prazo de validade maior e uma cobertura médica mais ampla do que o de um simples turista. 

As coberturas de seguro viagem feitas para estudantes — ou trabalhadores que vão residir em outro país por tempo determinado — costumam ser um pouco maiores, em questão de tempo e valor, em relação ao seguro internacional.

Isso acontece porque, ao morar em outro país por um longo período, há um risco maior da pessoa sofrer acidentes, contrair doenças, necessitar mais de  assistência médica, sem contar as possibilidades de furtos e roubos. Esses são pontos que, sem o seguro viagem intercâmbio, podem estragar a experiência e trazer grandes despesas.

Como saber se preciso de seguro viagem para fazer intercâmbio?

Antes de tudo, é preciso pesquisar bastante sobre o país onde você pretende viver pelos próximos meses ou anos. Não apenas as belezas daquele lugar, as atividades de lazer e os demais atrativos, mas, principalmente, o sistema de saúde, os bairros mais seguros, o custo de alimentação, entre outros aspectos importantes.

Os Estados Unidos são um exemplo clássico sobre a importância do seguro viagem internacional. Apesar de a apólice do serviço não ser obrigatória para turistas e intercambistas, o custo de saúde no país é altíssimo e quem não contrata o serviço, pode sair com um grande prejuízo!

Imagina se, durante a sua experiência de intercâmbio, você fica doente e precisa tomar remédios, como antibióticos. Com certeza, a conta não sairá barata — ainda mais se precisar de consultas e acompanhamento médico. Por isso, mesmo não sendo obrigatório, o seguro para os EUA é imprescindível!

Por outro lado, a maioria dos países da Europa exigem seguro viagem, seja para turista ou intercambista. Esses países fazem parte do Tratado de Schengen, que exige uma cobertura mínima de 30 mil euros.

Outros países europeus, como a Irlanda, apesar de não fazerem parte do acordo, também exigem o serviço. A diferença entre os planos de seguro para as diferentes nações está no valor da cobertura e do território em que ele vale. No caso da Irlanda, por exemplo, o seguro só é válido no país, diferentemente dos que fazem parte do Tratado.

Austrália e Nova Zelândia são outros dois destinos bem procurados por intercambistas brasileiros. Em ambos, é preciso um seguro viagem intercâmbio específico: Overseas Student Health Cover (OSHC). 

Além disso, países que antes não solicitavam seguro, passaram a pedir por prevenção ao Coronavírus. Inclusive, alguns lugares da América do Sul, por exemplo, exigem um plano de cobertura de saúde para turistas e intercambistas a fim de monitorar e reduzir o contágio do vírus.

Portanto, ao fechar o contrato da sua viagem, verifique minuciosamente todos os requisitos e os documentos para intercâmbio que você precisa providenciar com antecedência. O seguro é um deles e quanto mais cedo você procurar pelos preços e coberturas, mais seguro vai se sentir.

O que cobre um seguro viagem?

Além das coberturas médicas e hospitalares que já mencionamos, alguns seguros oferecem serviços como assistência jurídica, auxílio em caso de furto ou roubo, enquanto outras seguradoras disponibilizam tais benefícios como serviços extras.

Para saber onde fazer o seguro viagem internacional e quais são os melhores planos, faça uma cotação on-line. Existem diversas plataformas que podem te ajudar a encontrar a melhor cobertura para o seu destino e tempo de estadia.

Na Universal Assistance, por exemplo, as coberturas oferecem diferentes benefícios como traslado médico, repatriamento, assistência em casos de covid-19, envio de acompanhante, retorno antecipado, entre outros. 

Conheça os serviços da Universal Assistance

A Universal Assistance possui serviços de assistência com cobertura completa e de qualidade. A seguradora oferece serviços de assistência médica e legal, visitas médicas em casa ou no hotel se necessário, auxílio em casos de perda de documentos e extravio de bagagem, entre outros.

Além dos serviços mencionados, você também pode contratar coberturas extras se assim preferir. De toda maneira, os planos são feitos para que você se sinta seguro longe de casa e que não precise lidar com burocracias e preocupações durante sua estadia em outro território.

Com equipe e rede própria de médicos e hospitais, especialistas em casos mais complexos e assistência multilíngue 24 horas, o serviço da Universal Assistance tem qualidade ISO 9001-2008, ou seja, seu conforto e sua segurança estão garantidos.

No site da seguradora, você encontra mais detalhes sobre as coberturas disponíveis para o seu destino e, se quiser, ainda pode tirar todas as suas dúvidas com nossos especialistas on-line, além, claro, de fazer a cotação do seu seguro viagem intercâmbio!

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Subscríbete a nuestro newsletter para recibir ofertas y novedades

    [recaptcha]