Seguro viagem para América do Sul: quais países exigem cobertura?

Seguro viagem América do Sul

Por muito tempo, a maioria dos países sul-americanos não exigiam nenhum tipo de documento ou seguro, além do RG ou passaporte válido. Porém, após o início da pandemia da Covid-19 e a posterior abertura das fronteiras para os turistas, o seguro viagem na América do Sul passou a ser item obrigatório.

As regras mudaram durante os dois anos de restrição e quarentena e, inclusive, podem mudar mais vezes nos próximos meses. Assim, é preciso ficar atento às notícias dos países que você tem interesse em visitar, não somente acerca das regras sanitárias, mas também sobre o aumento ou a queda nos casos de contaminação, que costumam oscilar bastante. 

Se você está pensando em visitar um dos nossos países vizinhos ou fazer um mochilão para conhecer as maravilhas da América do Sul, continue  lendo este artigo. Nós separamos as melhores dicas e reunimos as informações necessárias para quem deseja viajar para a América do Sul e tem dúvidas sobre como proceder.

Como saber quais países exigem o seguro viagem?

Com o controle do vírus e a vacinação em massa, as mudanças repentinas nos protocolos de saúde deixaram de ser constantes na maioria dos países. Atualmente, apenas Argentina e Uruguai exigem o seguro viagem na América do Sul para turistas. Porém, os demais países sul-americanos solicitam outros documentos igualmente importantes.

Países que exigem o seguro viagem

O seguro viagem Argentina é referente às coberturas para a Covid-19, garantindo internação, quarentena e/ou traslado sanitário. A regra se aplica a qualquer turista que deseje permanecer por mais de 24 horas no país. RG ou passaporte válido são requeridos para visitar nossos hermanos, além da declaração jurada.

Para os que estão em cidades fronteiriças à Argentina e querem visitar determinados lugares em menos de um dia, o seguro não é obrigatório. Porém, uma das vantagens de acionar o seguro viagem na América do Sul é que ele é válido para todo o continente e você não precisa contratar diferentes serviços para cada país.

Já o seguro viagem Uruguai exige não apenas a cobertura para Covid-19, mas também a carteira de vacinação com o esquema contra o vírus completo. O país aceita todas as vacinas brasileiras e a última dose deve ser tomada, pelo menos, 14 dias antes do embarque.

Outra obrigação para entrar no Uruguai é ter o aplicativo UY em seu smartphone. O governo exige o app instalado para que, em casos de contaminação, seja possível efetuar o  monitoramento e o controle do contágio.

Países que não exigem outro tipo de documentação

O seguro viagem para o Chile se tornou um importante item para quem deseja conhecer o país. Durante o ápice da pandemia, as autoridades chilenas pediam um seguro-saúde com cobertura de 30 mil dólares. Agora, é possível entrar no país sem a apólice, embora a contratação dela seja altamente recomendável.

A Bolívia também não exige seguro viagem América do Sul com cobertura para o Coronavírus, mas diferentemente dos países mencionados acima, é necessário apresentar um teste negativo (RT-PCR até 72 horas antes do embarque ou antígeno até 48 horas antes do embarque) ao desembarcar no país.

Além disso, quando o assunto é vacinas para viagem internacional, o governo boliviano exige o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia para Febre Amarela.

Ainda que para entrar na Argentina, no Chile e/ou no Uruguai não seja necessário apresentar teste negativo para a Covid-19, é possível que, ao adentrar em um desses territórios, você seja escolhido para fazer um teste ao chegar no aeroporto.

Para que serve o seguro viagem?

O seguro viagem América do Sul é, quando não obrigatório, altamente recomendável não apenas por conta do Coronavírus, mas também por outras possíveis doenças ou acidentes que possam acontecer durante o passeio, além da perda de bagagem ou roubo.

Geralmente, ao contratar o seguro viagem internacional, é necessário comprar a cobertura para Covid-19 como um serviço extra. No mercado existem diferentes opções de planos que podem ser personalizados de acordo com as suas necessidades.

Ao contratar o seguro viagem (nacional ou internacional), o pacote mais básico deve, obrigatoriamente, cobrir despesas médicas, odontológicas e hospitalares, traslado de corpo em caso de falecimento ou doença, em caso de morte (acidental ou não) e, também, por invalidez total ou parcial em caso de acidente em viagem.

A Universal Assistance possui diferentes tipos de coberturas já incluída a assistência em casos de Covid-19 —, além de assistência médica e jurídica, garantindo segurança e confiança antes, durante e depois da viagem.

Conheça os benefícios de contratar o seguro viagem com a Universal Assistance

Para saber qual é o melhor seguro viagem na América do Sul, é necessário pesquisar com antecedência e paciência. Dependendo do tipo de viagem e da quantidade de passageiros, os preços e benefícios podem variar bastante de uma seguradora para outra.

A Universal Assistance é uma das melhores seguradoras do país e, claro, oferece seguro viagem na América do Sul. Além dos serviços já mencionados, como assistência médica e jurídica, outros benefícios estão inclusos em diferentes planos de cobertura.

No site da Universal Assistance, você pode fazer a cotação on-line para sua viagem e, também, pode saber um pouco mais sobre o aplicativo da seguradora e os serviços disponibilizados, além de falar com um dos nossos especialistas para tirar todas as suas dúvidas sobre o assunto!

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Subscríbete a nuestro newsletter para recibir ofertas y novedades

    [recaptcha]