O que pode levar na bagagem de mão: regras e dicas

O que pode levar na bagagem de mão

Saber o que pode levar na bagagem de mão e quais objetos são essenciais é necessário para curtir sua viagem com tranquilidade e segurança. Esse costuma ser um tema que gera muitas dúvidas entre os turistas, principalmente com diferentes regras para cada companhia aérea. 

Além disso, muitas pessoas têm dificuldade em decidir o que levar na bagagem de mão, considerando possíveis imprevistos, como atrasos, cancelamentos e, até mesmo, perda ou extravio de malas entre conexões.

O blog da Universal Assistance reúne várias informações e dicas que podem tornar sua viagem mais completa e segura, como o passo a passo para montar um guia, os melhores pontos turísticos de várias cidades, entre outros. Hoje, você vai conferir as regras sobre o que pode e o que não pode levar na bagagem de mão. Vamos lá?

Regras sobre itens de bagagem de mão

Para não cometer erros e nem se desfazer de objetos que tenham valor pessoal ao passar pelo raio-x, vamos começar pelo principal: afinal, o que não pode e o que pode levar na bagagem de mão?

As companhias aéreas seguem as regras estipuladas pela ANAC, que proíbe tudo aquilo que pode oferecer risco à tripulação e aos passageiros, além de alguns produtos de uso pessoal. São eles:

  • objetos cortantes ou perfurantes, como canivetes, tesouras e outros itens pontiagudos;
  • líquidos e outras substâncias não embaladas em garrafas de até 100 ml;
  • desodorante aerosol;
  • bebidas alcoólicas.

Outros itens que não estejam contemplados nas especificações acima também podem ser barrados, dependendo da empresa. No entanto, é comum a permissão de:

  • bolsa de mão/maleta;
  • casacos, mantas e cobertores; 
  • guarda-chuvas e bengalas não pontiagudas; 
  • itens de higiene pessoal;
  • medicamentos essenciais (acompanhados de prescrição médica, dependendo da companhia);
  • documentos pessoais;
  • óculos, joias, cintos, etc.;
  • cosméticos sólidos (batom, protetor labial, desodorante sem ser aerosol);
  • livros e revistas;
  • eletrônicos, como celular, tablets, notebooks, fones de ouvido, etc.;
  • mamadeiras e outros alimentos infantis;
  • alimentos pequenos, como bolachas, balas e chocolates;
  • bebidas não alcoólicas em embalagens de até 100 ml.

Voos nacionais x voos internacionais

Não há diferença nas regras de o que pode levar na bagagem de mão em voo nacional e internacional. As companhias brasileiras mais tradicionais costumam ter as mesmas condições de bagagem de mão para todos os tipos de viagem, mas empresas conhecidas como low cost podem ter regulamentos diferentes.

Se o seu destino for outro país, é preciso prestar atenção nas exigências sobre a bagagem de mão em voos internacionais quando a companhia for estrangeira, comum em passeios para mais de uma nação. Líquidos, por exemplo, podem ultrapassar 100 mL em voos domésticos, mas não em voos internacionais.

Pesos e medidas 

As medidas da bagagem de mão também podem variar conforme a empresa aérea, porém, as principais companhias brasileiras estipulam o tamanho máximo de 55 cm x 35 cm x 25 cm, com peso de até 10 kg em voos nacionais.

Lembre-se de que as malas permitidas no avião são gratuitas, portanto, não deve ser cobrado nenhum tipo de taxa para levá-las a bordo. No entanto, se o tamanho da sua bagagem de mão e/ou peso ultrapassar o limite, pode ser cobrada uma tarifa extra ou a mala ser despachada.

Mochila é bagagem de mão?

Diante das regras sobre objetos permitidos, muita gente se pergunta se a mochila pode ser considerada uma bagagem de mão. De acordo com as regras que listamos neste texto, ela é considerada um item pessoal, ou seja, ela está em conformidade com as regras de o que se pode levar na bagagem de mão.

Contudo, as medidas precisam ser respeitadas, pois elas não podem ser “mochilas de carga”, apenas exemplares que comportam poucos litros, como as que usamos no nosso dia a dia para trabalhar ou estudar. 

Dicas do que levar no voo

Agora que você já sabe o que pode levar na bagagem de mão, vamos dar algumas dicas sobre os principais itens com os quais você deve contar durante o voo. Tudo para evitar quaisquer constrangimentos diante de possíveis imprevistos, como perda ou furto de bagagem despachada.

Muitos viajantes preferem viajar apenas com uma bolsa de mão para viagem de avião, tanto pela praticidade quanto para fugir dos custos de despacho de malas. Pode parecer bem difícil para algumas pessoas, mas isso é possível e tem muitas vantagens.

Por isso, a principal regra para montar sua bagagem de mão é considerar que ela é a única que você tem. Dessa maneira, os itens mais importantes de higiene básica, documentos pessoais, carregadores e eletrônicos vão estar com você.

Se o voo for internacional, leve produtos de beleza e de higiene em pequenos frascos, como shampoo, condicionador, creme de barbear, hidratante e sabonete corporal. Tanto em voos domésticos como estrangeiros, eles são permitidos desde que não ultrapassem 100 ml.

Ainda, é bem comum exagerarmos na quantidade de vestimentas em uma viagem, certo? Ao fazer sua bagagem de mão, pense em roupas leves e íntimas para ter com você, além dos sapatos menos pesados, como chinelos e tênis de passeio.

Separe, também, uma pasta pequena ou, até mesmo, uma carteira maior para levar todos os documentos pessoais, os passaportes, o comprovante de reserva e das apólices de seguro-viagem, além de dinheiro vivo e cartões. Desse modo, você garante tudo aquilo que precisa caso enfrente algum imprevisto relacionado à sua mala

Faça seu seguro-viagem com a Universal Assistance

Ter uma boa cobertura de serviços para assistência médica e hospitalar é essencial em qualquer tipo de viagem. Não à toa recomendamos levar o contrato da sua apólice durante o voo, bem como outros documentos e declarações importantes (passaportes, declarações e carteira de vacinação, por exemplo).

Em alguns países, o serviço é obrigatório e, sem ele, não é possível nem sequer desembarcar do avião. Outros, apesar de não exigirem nenhuma cobertura, recomendam a contratação para evitar possíveis gastos extras — como os Estados Unidos, que possuem um sistema de saúde bem caro para os turistas.

Portanto, ao planejar suas férias e arrumar as malas, pesquise os preços e as coberturas oferecidas por diferentes empresas. O seguro-viagem comercializado pela Universal Assistance é bem completo, com diferentes vantagens e ótimo custo-benefício. Confira os preços no nosso site e fale com nossos especialistas.

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Subscríbete a nuestro newsletter para recibir ofertas y novedades

    [recaptcha]